Número total de visualizações de página

quarta-feira, 18 de março de 2015

HOJE... FUJO DE MIM poema de Vóny Ferreira escrito em 2010




HOJE...FUJO DE MIM!
(Vóny Ferreira)
Hoje que fujo de mim...
Não questiones nem te abeires
Do meu caminho tão flutuante
Onde escorrego e me deito.
Deixa que me afogue nas lágrimas
Que ardem dentro dos meus olhos
E que imerge triunfante
No cume de um despenhadeiro.
Hoje estou partida ao meio...
Metade de mim quer sobreviver
Ser como o girassol em busca de luz
Agarrar-me às asas de uma águia
Para chegar mais perto do sol.
A outra metade quer morrer
Rasgar a pele com uma navalha
Esvair-me no sangue que jorra
Pregar a minha vida numa cruz!
____________(VÓNY FERREIRA)
M.Ivone B.S.Ferreira
-© Todos os direitos reservados© All rights reserved. Autoria de Textos Registados no IGAC — —. 

Sem comentários: