Número total de visualizações de página

quinta-feira, 1 de março de 2018

NAS MINHAS MÃOS O AMOR..."

Poema de..................................... Vóny Ferreira______mibsf
De tão ingénuo que é o amor 
Espera-te impaciente nas minhas mãos
Enquanto vais bordando silêncios
Espera por ti, em mim..em vão…!

É uma espécie de pintura abstrata
Essa espera em que vejo tudo
Quando o que sobra de ti, é nada!

Que mar é esse tão tenebroso
Que não me deixa ser rio?
Que luar é esse minguante
Que me deixa à deriva sem porto seguro?

Ah…chega a doer tamanha ingenuidade
Esta loucura de te amar simplesmente
Quando a minha mais pura vontade
Era esquecer-te hoje e sempre...!

autora: (VÓNY FERREIRA _ mibsf
m.ivone b.s.ferreira ~~~~~~~escrito em Maio de 2017


NOTA …………..©..Todos os direitos reservados_
Autoria de Textos Registados na Soc. Portuguesa de Autores, nº 12383

foto de autor/a desconhecido...Vf

domingo, 10 de dezembro de 2017

CAMINHOS Vóny Ferreira - mibsf









Caminhar em busca de mim é ter a certeza que não estarei só!
Caminhar... ao encontro do que me faz bem, é tudo o que preciso.
Caminharei... sim, caminharei... 
Não importam quantos estarão ao meu lado. 
Mas sim o valor dos sentimentos que nutrem pela pessoa que sou....
Vóny Ferreira _ mibsf
m.ivone b-s.ferreira

SEXTO SENTIDO Vóny Ferreira _mibsf


Da desonestidade de alguns o que mais me inquieta é a ligeireza com que vão travestindo as suas acções. 
É o desafecto com que vão desfilando na vida de outros entrando e saindo conforme as suas necessidades mais prementes. 
Será isso uma questão de critério ou uma questão de insensibilidade psicológica?
Terão essas pessoas consciência? 
Terão Sentimentos? 
Hombridade?
Tenho sérias duvidas…!
Momentos há em que me deprime imenso essa espécie de bipolaridade dominante que vai revelando o seu (ADN) envenenado de manipulações inconscientes. Já não se distingue o certo e o errado. Tudo vale nesta panóplia de interesses. Dessa embriaguez oportunista fazem o lema e o seu ópio. 
É frustrante, senhores… é horrível!
Da coerência à ambiguidade” decorre muitas vezes uma fração de segundos e tudo vale enquanto lhes for benéfico!
Salvam-se aqueles que vão saltando fora e se distanciam desse corrupio de vaidade e superficialidade. 
Vóny Ferreira _ mibsf
m,ivone b.s.ferreira . 10 de Dezembro de 2017

sábado, 9 de dezembro de 2017

MAR




os muros de espuma desse mar

aquietam-se no silêncio da lua
detonam a fome dos peixes
vão cintando apressadamente
as mandíbulas ciclónicas do vento


como bênção prostitui-se a saudade
molda-se como tributo a ansiedade
aos deuses das noites de amnésia
é enfim nessa ínfima necessidade
que reapareces como brado no fundo de mim
( Vóny Ferreira – mibsf )
m.ivone b.s.ferreira _ 2017
nota... este poema faz parte do novo livro "COMPLACÊNCIAS"
(a editar)