Número total de visualizações de página

sexta-feira, 8 de abril de 2016

ALMA poema de Vóny Ferreira





São as borboletas que desenham o meu céu
São as aguas de um rio que escrevem minhas palavras
Só  não sei dizer como aconteceu...
Não ter conseguido alcançar a tua ALMA!
Vóny Ferreira___autora___mibsf






© Reservados os direitos de autor
nota: imagem de autor desconhecido

À PORTA DA TUA ALMA... (escrito por: Vóny Ferreira)


O que me traz aqui és tu... 
Vais-me acompanhando em cada amanhecer como se fosses a minha própria sombra. Agarro-me a ela delicadamente... às vezes assustada porque deixo de te ver, mas enquanto permanecer essa esperança indisfarçável, não me sentirei só!
Preciso de ti! 
Como a onda precisa do mar. 
O vento do açoite. 
A lua do céu. 
O riso da alegria. 
Preciso, sim...!
No dia em que tiveres que me abandonar, espero morrer à porta da tua alma para me cobrires com o perfume de todas as flores que os teus olhos acariciam.
Vony B S Ferreira__autora__(inédito)
M.Ivone B.S.Ferreira__mibsf

nota: Pode ler.me também aqui____((VÓNY Ferreira (escritora)))) E AINDA...AQUI -------
Sol_______________https://www.facebook.com/paginasol/photos/a.150164945161121.1073741828.146707555506860/678128299031447/?type=3&theater com VÓNY Ferreira (escritora).




quinta-feira, 7 de abril de 2016

Divino poema de Vóny Ferreira



Desistir…?
Não!
Eu estarei sempre entre a terra e o céu
No limbo da planta que teima em sobreviver
Deixando as marcas dos meus passos na água
Renascendo em cada dia que vier...
Eu serei sempre o riso na tua fronte
Mesmo quando o pranto me denunciar
Correndo feliz pela estrada, pelos montes
Como se não soubesse como regressar.
Desistir?
Nunca!
((Vony Ferreira___autora__2016))
M.Ivone B.S.Ferreira___mibsf



© Reservados os direitos de autor
nota: imagem de autor 
desconhecido


O Som do Violino poema de Vóny Ferreira



Solta-se o grito na luz das cordas
Abre-se a boca para proclamar
Que jamais se calará a palavra
Se dentro de mim te sentir.
Solta-se o poema no luar dos dedos
Libertam-se os pássaros em direcção ao céu
Afugentando nesse voo os meu receios
E trazendo a luz que há nos olhos teus...
Publicado por Vony B S Ferreira ·
(((Vóny Ferreira))___autora__2016
M. Ivone B.S.Ferreira____mibsf

© Reservados os direitos de autor
nota: imagem de autor desconecido

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Para Sempre poema de Vóny Ferreira__mibsf




A poesia brota do fio de água que te lava
Do riso triste ou alegre, que te exprime
Do suspiro que te escapa e me afoga
A poesia és tu na essência dos momentos
Até naqueles em que te não vejo
Mas sinto...
- Porque tu estarás sempre
para além de qualquer tempo!
((Vony B S Ferreira___autora))
(inédito) M.Ivone B.S.Ferreira__mibsf