Número total de visualizações de página

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Detalhes poema de.....Vóny Ferreira

Se a tua ausência me desnuda
É a saudade de ti que me veste
Estando longe como está a lua
Ao pensar-te meu coração, enternece
Vivo nessa dormência extrema
Deitada sobre o teu leito doce
Amo-te na pele deste poema
Em cada dia, e cada noite
Ficaria por certo meu coração mais triste
Se não fosse este sentimento assim ungido
E por certo só persistiriam os desertos, em mim
Por isso me espalmo por inteiro no teu coração
Como se essa fosse a fatídica razão
De renascer em cada amanhecer,longe de ti...
(((Vóny Ferreira___autora__2016)))
M.Ivone B.S.Ferreira_____mibsf
nota: desconheço a autoria da imagem



Sem comentários: