Número total de visualizações de página

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

E(ternamente...) Vóny Ferreira___mibsf

Perdi o pé, estou com medo, não sei nadar...
Para onde fujo, se me deixares de amar?
O rio entra pelos olhos adentro
e eu carente dou às mãos no teclado
Para que me ouças neste triste fado!
Perdi o pé, amor, nunca me deixes...
As ruas debaixo do rio estão alagadas
O meu coração virou uma jangada
No dia em que te vi e me tocaste...!
Amar.te?
É sobreviver ao holocausto da vida
Em que meto os pés pelas mãos e me deixo ir ao fundo
Ai, de mim, juro-te este amor é... eterno
É tão grande que não cabe neste mundo!
Vóny Ferreira__autora__2016
M.Ivone B.S.Ferreira__mibsf
(inédito a publicar, registado com direitos de autor assegurados)

2 comentários:

Luis Coelho disse...

Gosto de a ler mas não sei comentar. Aqui encontramos poesia e muita filosofia de vida.

Vony Ferreira M.Ivone B.S.Ferreira disse...

Gratidão Luis por deixar a sua opinião.
É compensador saber que há quem sinta o que escrevo... Vóny Ferreira