Número total de visualizações de página

quarta-feira, 8 de abril de 2015

EN(FIM) poema escrito por Vóny Ferreira


Publicado por Vóny Ferreira · 12 h ·
 · 

EN(FIM)
Vóny Ferreira
Desponta o poema das cinzas do tempo
Propulsão activada pelo sangue da dor
Que vai pingando das minhas veias rotas
Numa súplica violenta e louca
À renovação da minha alma peregrina
Sou feita de sombras que se iluminam
Nas esquinas onde os gatos com cio
Olham a lua com os olhos fechados
Descerrando assim os sonhos impossíveis
Soubesse o amor merecer essa dádiva
Enquanto os rios lavam a noite
Soltando as lágrimas que o vento leva
Ao deserto de ti que enfarta a minha vida!
VÓNY FERREIRA___________________
2015____________M.Ivone B.S.Ferreira

-© Todos os direitos reservados© All rights reserved. Autoria de Textos Registados no IGAC — —.  

Sem comentários: