Número total de visualizações de página

domingo, 19 de janeiro de 2014

SEM CHÃO NEM CÉU / Vóny Ferreira

SEM CHÃO NEM CÉU
[ Vóny Ferreira]

Tantas foram as vezes
Em que caída no meio do asfalto
Fiquei entre a espada e a parede.


Sem chão nem céu para olhar
Sem forças para recomeçar.

Era quando me sentia sozinha
Qual menina amedrontada
Que rezava. 
Meu Deus… como rezava!

Como se esperasse que mãos divinas
Me ajudassem a levantar.

Houve momentos
em que de tudo duvidei
até de Deus, meu Pai!

Ainda hoje me pergunto
Porque tinha que ser assim.
Porque tive que leiloar a sorte
Para ser dona de mim?

Vóny Ferreira   

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=601692329901328&set=a.345456935524870.79071.345447652192465&type=3&theater

Sem comentários: