Número total de visualizações de página

sábado, 25 de janeiro de 2014

SEGUIREI A LUZ escrito por: Vóny Ferreira




... Continuou a arrastar os passos, devagarinho, como quem caminha sem pernas. Fixou o olhar turvo de gazela nas árvores dispersas pelo calçadão e picotadas impiedosamente pelos raios solares de um Setembro seco e quente. 
Fatídico Setembro que lhe roubara todos os sonhos!
Um cisne cor-de-rosa (há muito adormecido nos corredores da memória) levantou voo nesse momento de regressão patética. Deixou-o voar para o poço onde as lágrimas se escondiam.
- Sabeis o que é ter necessidade de ser amado/a? Sentir-se como um vagabundo aflorando esporadicamente a lembrança de alguns, quando lhes convém…? 
- É começo do fim de todas as expectativas! 
Sim…
A maior desventura é ter essa espécie de estigma!
Ou senti-lo, o que ainda é pior!

…Começava a não ser capaz de traduzir o que lhe ia na alma. Aquela saudade nodulosa da juventude. 
As palavras há muito que se tinham transformado em partículas inconsistentes. Malditas palavras que a tinham levado ao céu num avião de papel, intercontinental. Que acabou despenhado nas garras de um vento sempre traiçoeiro. Finalmente desistira de as bordar, com acácias rubras, ao consciencializar-se, que tinha sido tão amada como odiada, (através delas…)
Angola, meu eterno amor! Só tu serás o amor eterno da minha vida…! – pensou.
Nesse momento deixou-se desfalecer e desejou seguir a luz que vinha de um pássaro adormecido num poste de eletricidade.
VÓNY FERREIRA


(2012) 
Vóny Ferreira  




https://www.facebook.com/photo.php?fbid=604344799636081&set=a.345456935524870.79071.345447652192465&type=1&theater

2 comentários:

Cristina Cebola disse...

Um poema emocionante, de uma beleza poética extraordinária, que traduz a desesperança de um amor sem expectativas. Mesmo assim,a alma eleva-se no simbolismo da palavra que ainda brota de um coração em chamas. E afirma-se, dizendo-se Poesia!!!

Belo demais Vony Ferreira!!

Vony Ferreira Ferreira disse...

Sinto-me sempre emocionada quando me comenta pela forma amistosa como borda as palavras e me transmite a sua imensa generosidade.
Grata pois pela visita Cristina.
Bem haja pelas palavras reveladoras de uma sensibilidade ímpar e de uma intuição extraordinária.
Vóny Ferreira