Número total de visualizações de página

domingo, 19 de janeiro de 2014

MORRE-ME O TEMPO (Vóny Ferreira)

MORRE-ME O TEMPO
(Vóny Ferreira)



Sim… eu sei que preciso de ter tempo
Para aprender a cortar as mágoas pela raiz
Subir as escadas como quem sobe ao céu
Para aparar a árvore da minha triste memória
Despida pelo rigor de um Outono agreste
Para a voltar a ver de novo frondosa e florida.

Eu sei que preciso de ter tempo
Para transformar as longas noites em dias claros
Limpar as lágrimas com malvas e chuva
Do canto dos olhos onde os cristais de sal
Me fazem ver ensombrado os raios de sol.
Para agarrar o tempo novo com um sorriso
Lavrar a terra com as palmas das mãos
As mesmas que te procuram à noite
Como se o passado não tivesse que morrer!

Sim… eu sei que preciso ter tempo
Para aprender a soletrar de novo as letras
do amor.
VÓNY FERREIRA
(Dezembro 2013)

Vóny Ferreira   





Sem comentários: