Número total de visualizações de página

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

MESMO QUANDO NÃO ESTOU Poema de Vóny Ferreira

Encontra-me
na ténue aragem
mesmo quando não estou perto.
Vê-me

através do vento


ensaiando belas serenatas
nas margens invisíveis
da saudade.

Encontra-me
extasiada com o perfume
dos teus cabelos soltos
Quando o sol
por mim os beija
Em enfartes crónicos
de silêncio.

Vóny Ferreira

Sem comentários: