Número total de visualizações de página

domingo, 27 de outubro de 2013

JÁ SEI POR ONDE VOU / Vóny Ferreira



JÁ SEI POR ONDE VOU (carta nº 1)
(Vóny Ferreira)

Não tenho trunfos na manga. Mas tenho um céu imenso que abraça o meu olhar e ainda permite que eu me emocione com o cheiro da terra molhada e do sol esquivo que parece envergonhado atrás de densas nuvens.
Não tenho asas como os pássaros, mas é nas minhas mãos que descubro novos mundos, que pinto de aguarelas os meus obstáculos, mesmo quando aparentemente estou caída no chão, desarmada e infeliz. Sou uma espécie de camaleão que na dor e na felicidade se acaba por adaptar com obstinação às adversidades da vida.
E sabes? Eu gosto de mim! Eu tenho orgulho de mim! Eu olho-me no espelho e sinto que aquela que ele me mostra é uma pessoa boa, autêntica, que recebeu da vida mais bênçãos do que decepções mirabolantes como as que me “pregaste em jeito de aposta maquiavélica”



Hoje sei… que continuarei a andar descalça pelos jardins, indiferente aos rumores indesejáveis. Concentrada unicamente em desfrutar cada dia, se possível andando por ente a natureza como tanto amo com o olhar fixo nas árvores, desejosa de cruzar o meu olhar com a de algum pássaro. É que eu sou tão louca que falo alto com os pássaros, sabes? Muitas vezes chamo-lhe Jesus, outras… de lágrimas nos olhos, digo-lhes apenas: Obrigada Deus por me vires abençoar…! Sou assim estranha. Padeço de uma loucura que não faz mal a ninguém. E a tua, como é?
Não tenho vontade de olhar para trás. Acabou! Saí do beco sem saída onde eu própria me coloquei por uma ilusão que jamais mereceu qualquer crédito, o que é pena porque se alguma virtude tinha era o de ser sincero e verdadeiro. Há tanta falta de verdade neste mundo que é um desperdício quando tal acontece, mas enfim…
Vai longa esta minha travessia no deserto…céus! À frente de mim o que alcanço neste momento é unicamente um cruzamento. Que caminho irei seguir? Ah…vou por onde me levar não o coração ma sim o meu instinto de sobrevivência! 

Às vezes é a única opção inteligente!
Não tenho nada e tenho tudo! Benzo-me. Sorrio para aqueles que comprovadamente me amam e prometo-lhes que...
- JÁ SEI POR ONDE VOU!


Vóny Ferreira  

  

Sem comentários: