Número total de visualizações de página

quarta-feira, 20 de julho de 2011

PERDOA-ME VIDA poema de Liliana Jardim lido por: VÓNY FERREIRA




Perdoa-me vida por te querer
como quem quer agarrar
sôfrega
a imensidão do vivo mar

Como quem quer possuir
o universo infinito
em inigualáveis doçuras

Perdoa-me por te querer
no fragor
da minha voz emudecida,
pelo estúpido egoísmo
do meu ser carente

Perdoa-me sim
por te querer sentir
nas minhas noites fantasmas
ameigando o meu agitado sonhar

Perdoa-me por te querer amar
nas pequeníssimas coisas,
que nos fazem querer ser gente

Perdoa-me por pedir perdão
em querer tanto viver-te.
Liliana Jardim

1 comentário:

Blog da Vanda disse...

Poema de intensa beleza e na sua voz ainda mais belo ficou ...

Amo o seu sotaque!!!

bjuss
Vanda