Número total de visualizações de página

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Abraço poema de Vóny Ferreira///mibsf





não me atirem pedras, abracem.me
(eu sou pingo de chuva na tempestade)

não me questionem, nem me definam
(eu só preciso que me abracem)


não enxotem a minha alma inquieta
(eu só existo e não resisto, ao abraço..)

((Vony Ferreira___autora))
M.Ivone B.S.Ferreira_mibsf__2016

Vony Ferreira
In O Abraço

Sem comentários: