Número total de visualizações de página

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

GEOMETRIA poema de Vóny Ferreira





Não, nada há a temer
O céu
 É o prolongamento da alma
A essência díspare
 Do que reflectiu.
Não, nada há a lamentar
O mar
É o abraço dado pela espuma
No sal dos olhos
De todo aquele que viveu e sentiu
**
[Vóny Ferreira]
M.Ivone B.S.Ferreira

Nota da autora: O poema originalmente nasceu da seguinte anotação....
Nada a temer...
Nem mar nem céu
Serei o que quiser
Serei apenas EU!!!!
___________Vóny Ferreira


revisto em Abril de 2015

Sem comentários: