Número total de visualizações de página

sábado, 29 de agosto de 2015

Poema Descrito ***Vóny Ferreira





Poema Descrito
[Vóny Ferreira]
passeiam nos seus olhos serras e vales.
o vento norte, a sul do seu corpo desperto
pelas mãos do tempo destilando paixão
numa noite magica arejando o cio .
só o mar no entanto lhe falam e definem
como se fossem pautas em de cima de um piano
voando em desatino ao som de flautas
que tocando baixinho instigam o canto de cigarras
magia tão doce só existe na boca dos sonhos
sedenta de chuva e do cheiro de alfazema
e nas suas mãos quando afagam e amam
com a divindade pura de quem gere um poema
*****M.Ivone B.S.Ferreira
______VÓNY FERREIRA_______

nota: desconheço a autoria da imagem vf

1 comentário:

Jorge Sader Filho disse...

Rico o seu poema, Vóny. Muito bem feita a sua página, parabéns!
Abraço,
Jorge