Número total de visualizações de página

quarta-feira, 26 de junho de 2013

CANSAÇO ( In O perfume lirio lila(ás) / Vóny Ferreira






Não tenho
a indecência de te odiar
Nem a ingenuidade já
de quem se deu por inteiro
Mas ainda é com nostalgia
e a alma a soluçar
Que te descrevo
nas palavras que rasgo ao meio.

Não tenho
razões para me orgulhar
do que sinto
Nem a sabedoria suficiente
para ignorar para sempre...
a arrebatada sensibilidade
que finges ter e não tens!
No entanto...
já sobrevivo à dor…
Tenho amor-próprio,
Sinto-me ALGUÉM!!

Não fico feliz
por te ver passear
nos meus sonhos
Qual hiena falsa
traidora
ajoelhada no chão
Mas é ainda
nas rugas fundas
dos meus olhos
Que encontro a essência
do que por ti sinto, sem explicação!
Vóny Ferreira


Sem comentários: