Número total de visualizações de página

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

"Pedaços de Marfim" poema de:ANTÓNIA RUIVO//// voz de; Vóny Ferreira




"Pedaços de Marfim"

Uma lágrima caiu, furtiva, foi um grito
Silencioso, de quem contém a amargura
De um desconhecimento que leva à loucura
Em cada lágrima retraída me expiro

Não olhes, finge que não vês, ainda assim
Escuta o bater do coração, repara no compasso
Apressado, ele te falará do meu fracasso
E da minha sombra, onde caem pedaços de marfim

São nesgas de sonhos, retalhos de efémeras ilusões
São o ondular ao vento de quimeras e paixões
São pétalas de rosa em cada beijo que te dei

Pedaços de marfim, ou bocados de mim
São a mesma coisa, são flores do meu jardim
Aquelas que te ofereço, em todas as vidas em que te amei.

(Antónia Ruivo)



Em cada caminho 
onde se enterra a nossa memória
fica dissolvido 
um pouco de nós na poeira
Aprendamos a regressar 
através dela, 
ao mais profundo de nós...

Vóny Ferreira



   Um grande abraço para ti, Antónia.







1 comentário:

Carlos Rocha disse...

Adorei vir ouvir a Vony, na sua voz que desconhecia, mas cujo timbre, cadência, entoação e expressão dão muita alma aos poemas já de si bem almejados!... gostei muito, parabéns pela excelente voz e arte de declamar!...

Carlos Rocha