Número total de visualizações de página

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Da Poeta e amiga HelenDeRose / Poema lido por Vóny Ferreira


Ela veio com uma canção
No seu coração ensolarado
Pelos desertos africanos
Uma voz clamando
A força do teu ventre
Virgem de inocência
De alma que sonha
E tem muito amor
Por devoção

Ela veio com uma rosa

Em suas mãos
Cultivada no seu olhar
Com raízes profundas
Exalando perfumes
De sentimentos
Lágrimas
Sorrisos
E emoção

Ela veio como uma gaivota

Sobrevoando as águas cintilantes
Do meu lago sereno e espelhado
Tentando ouvir o que ele dizia
Para um novo aprendizado
Enquanto olhava tua face
Tranquila refletida
Nas minhas águas
Transparentes

Uma menina ruiva

Retornando para sua inocência
Sem medo de ser sensível
Sem medo de ser forte
Sem medo de sonhar
Olhando profundamente
Para dentro do coração do meu lago
Teu melhor amigo...

Isso é apenas o começo

De uma grande amizade
Entre a menina ruiva
E o coração do meu lago!

Helen De Rose.

s





4 comentários:

Lírio Lilas disse...

Helen,

A descrição mais bonita que já ouvi desta menina ruiva...

Um beijo,
Lila.

Vóny Ferreira e outros poetas neste blog : http://vonyfereeira.blogspot.com/ disse...

Na poesia e na vida encontramos pessoas que nos vão marcando positivamente e fazendo com que encontremos uma paz de espírito enorme com a "aura" que essas mesmas pessoas irradiam.
HelenDeRose é para além de uma Poeta Brasileira que eu muito admiro, corajosa, frontal, com uma escrita clara e sem subterfúgios, é para mim e todas as mulheres que se orgulham de o ser... um exemplo a seguir.
Mãe coragem, amiga atenta, Poeta maior; eu te abraço e perpetuarei no meu coração onde só nascem rosas brancas e perfumadas como é a tua alma.
Vóny Ferreira

A.S. disse...

conheço bem esta menina ruiva, que vibra com os afectos, que constroi o seu mundo no meio das palavras e que é uma pessoa maravilhosa para os seus amigos mais íntimos e todos aqueles que ama.
Amo-te menina ruiva e sobretudo mulher inteligente e cheia de garra.
A.S.

Helen De Rose disse...

É com infinita emoção que vejo esta linda manifestação de amizade, ruivona amada. Nossa amizade é um reencontro compartilhado nesta chance singular que o mundo virtual e literário nos deu, quando nos aproximou por nossas afinidades. Tudo isto já está eternizado em nossos genes indeléveis da nossa existência sobrenatural. Do meu coração para o seu coração, carinho, amizade e bastante amor. Bastante sucesso pra você, hoje e sempre, ruivona. Este poema que lhe dediquei está no meu primeiro livro: Um coração no oceano.

Helen De Rose, olhos de lince.